Capa

Rally do Jalapão: Riamburgo Ximenes e Flavio França terminam em 4º na categoria e 8º na geral

Uma prova no melhor estilo cross country raiz, essa foi a pegada do Rally do Jalapão. Para Riamburgo e Flavinho, a competição além de garantir a pontuação no campeonato também foi um perfeito laboratório pré Sertões para levar sua máquina ao limite

09.06.2019  |  194 visualizações

 

Luis Eduardo Magalhães, BA, 9 de junho de 2019 - Após 3 dias de competição entre a Bahia e o Tocantins, o Rally do Jalapão/ Sertões Series fechou com maestria seu ultimo dia. Entregou o que prometeu e até aqueles que não venceram saíram felizes em disputar uma prova bem levantada, onde reinou o mais puro estilo cross country. Riamburgo Ximenes, ao lado do navegador Flávio França, tiveram que lidar com situações que os colocaram em desvantagem em cada um dos 3 dias da competição. No 1º dia, tiveram problemas com uma simples troca de pneus que lhe tomaram mais de 22 minutos. No 2º, quase não terminam a etapa devido ao combustível ir embora num ritmo mais rápido que o previsto. Por fim, neste domingo, 3º e ultimo dia do Rally do Jalapão/ Sertões Series a quebra da correia do CVT, somada a quebra do Stela, os fez perder preciosos minutos.

Tudo isso a bordo de um UTV novo, que chegou ao Rally do Jalapão muito bem preparado, mas que pedia para ser ainda mais testado. E porque?

“Entendemos que o campeonato brasileiro terá sua decisão nas etapas realizadas no Sertões, a prova mais dura e complexa que vamos enfrentar em 2019. E, exatamente, por seu o Rally do Jalapão uma prova tão extraordinária, entendemos que aqui era o lugar perfeito para colocarmos nosso carro à prova. Levando-o além dos seus limites, entendendo onde podemos exigir mais dele e onde devemos cuidá-lo melhor. A Casarini fez um trabalho extraordinário, e saímos daqui muito felizes com cada dia e cada desafio encontrado”, comenta Riamburgo, que já venceu o Sertões nos carros tanto na geral quanto nas categorias production, superproduction e protótipo, mas que este ano tem como meta o título nos UTV’s.

“ Existe uma alta concentração de grandes talentos competindo nos UTV’s. A migração para a categoria foi enorme e isso é um fator que nos motiva a vencer nela. Em cada prova há um pilotão de favoritos. E mais, a cada dia de competição posições se alternam e nos mostram com a vitória é definida, por vezes, em décimos de segundos”, complementa seu navegador Flávio França.

E isso significa

Que a dupla nordestina tem dois focos muito bem definidos para 2019: vencer o Sertões e faturar o título nacional. Tanto para Flávio quanto para Riamburgo, os dois títulos são inéditos a bordo de um UTV. Eles começaram o ano vencendo o RN1500, saem do Rally do Jalapão/ Sertões Series mais competitivos e preparam-se para mais uma competição antes do Sertões, a etapa do campeonato brasileiro que acontecerá em 6 de julho, em Lages, SC.

  • Apesar dos resultados, Riamburgo e Flávio colocaram seu UTV à prova máxima
    (Ale Moreira)

  • O Rally do Jalapão foi duro, pesado, no melhor estilo cross country
    (Luciano Santos)